Justiça absolve Gustavo Furtado Silbernagel e mais cinco da acusação de causar prejuízo milionário ao Igeprev

 em Notícias

A Justiça absorveu o deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (DEM) e outros cinco em um processo no qual eram acusados de causar prejuízos ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Tocantins (Igeprev) com aplicações irregulares em fundos privados. Os prejuízos passariam de R$ 263 milhões.

A decisão é do juiz José Maria Lima, da 2ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas e ainda cabe recurso. Também foram absolvidos, Rogério Villas Boas Teixeira de Carvalho, Gustavo Furtado Silbernagel, Máxima Private Equity Fundo de Investimento em Participações, Máxima Asset Management LTDA e BRL Trust Serviços Fiduciários e participações LTDA.

Na decisão, o juiz ainda libera os bloqueios dos bens dos acusados. Em 2015, o Tribunal de Justiça do Tocantins havia determinado bloqueio no valor de R$ 64 milhões.

O único condenado foi Edson Santana Matos, ex-superintendente de gestão administrativa do órgão. Para a Justiça, ele operava os investimentos do instituto e era o responsável técnico pelas operações no mercado financeiro.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar